Resenha - Tamanho 42 Não é Gorda





Neste novo sucesso, Meg Cabot nos apresenta Heather Wells, uma cantora pop que chegou a um ponto nada desejado de sua carreira artística: o fundo do poço. Nenhuma gravadora se interessa por suas músicas, o pai está atrás das grades e a mãe fugiu para Buenos Aires com todo o seu dinheiro... Mas, quando Heather arruma um trabalho de inspetora em uma faculdade, tudo muda... ou, pelo menos, é o que parece.


Resenha

Primeiro somos apresentados a Heather, uma garota de 28 anos que foi uma estrela pop adolescente,  de muito sucesso aos seus 15 anos, ate sua carreira desabar, sua mãe fugir com seu empresario e o resto de seu dinheiro.

Agora Heather é diretora-assistente de um alojamento estudantil da Faculdade de Nova York. Heather decide agarrar este emprego, pois fica sabendo que com ele, ela pode fazer uma graduação de forma gratuita, e apesar de Heather não estar tão interessada nisso, ela resolve agarrar o emprego, que de certa forma, é um ótimo emprego.

Ate um certo ponto, em que misteriosamente duas meninas aparecem mortas no alojamento, no poço dos elevadores (no alojamento, no fundo dos elevadores, existe o poço dos elevadores), porem como Heather não é burra, depois de um tempo, ela começa a desconfiar das mortes das garotas, apesar da policia afirmar que foram mortes acidentais (causadas pela pratica de surfe de elevador), Heather começa a pensar que elas não morreram acidentalmente, pois meninas não fazem Surfe de elevador, muito menos as duas meninas que morreram, que eram certinhas, estudiosas, e essas coisas...

Então Heather embarca em uma investigação própria, tentando descobrir como aquelas meninas morreram, e o mais importante, quem as matou ?

Considerações Finais: Apesar do nome e da capa do livro (que é horrível), este livro me surpreendeu demais, ele é uma ótima leitura, tem uma escrita agradável, leve, simples e muito engraçada, você lê o livro rapidamente, gostei demais deste livro, existem outros dois livros desta serie, então quando estava no meio do livro, fiquei triste, por pensar que eu não iria saber quem seria o assassino, porem no primeiro livro a historia tem um final (muito bom), porem um final que de certa forma , permite a continuação da historia...

Com este livro aprendi mais uma coisa: não julgue o livro pela capa e nem pelo nome, pois a capa e o nome deste livro não tem nada a ver com a historia, tipo assim, no livro cita a frase Tamanho 42 Não É Gorda diversas vezes, porem nunca imaginava que este nome tratava de um livro de assassinatos, investigações e varias coisas legais, então com certeza a Meg Cabot me impressionou demais com este livro...

Se eu conseguir de alguma forma os outros dois livros, lerei com certeza, porque amei a historia, eu li o livro A Rainha da Fofoca, também da Meg Cabot, porem este livro é muito melhor, eu amo os livros da Marian Keys, e agora passei a amar os da Meg Cabot.



10 comentários:

  1. Parabéns pela resenha Gustavo! Muito em breve pretendo ler Tamanho 42 Não é Gorda. Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Oie Gustavo :)

    Eu também amo os livros da Marian kkkkkk já li quase todos , acredita que nunca li um livro da Meg mais essa série é a mas desejada por mim dela , a capa desse é péssima mesmo mais a capa nova é linda , abraços !!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/ ( comenta lá :D )

    ResponderExcluir
  3. Que ótimo, leia mesmo, é uma ótima leitura...

    ResponderExcluir
  4. A capa nova é mais bonita mesmo..

    ResponderExcluir
  5. Parece-me que dessa vez a Meg (ou quem teve a idéia) não foi feliz nem no título nem na capa, que por sinal, é horrível. Não dá nem para entender, pelo menos pela resenha, o que o título tem a ver com a história. Mas é sempre bom conferir os livros da Meg, pois ela sempre nos surpreende. Gostei muito da sua resenha.
    Maristela G Rezende

    ResponderExcluir
  6. Oiee
    Sabe que nunca me liguei nesse livro porque não gostei da capa rs. E agora lendo sua resenha, achei muito legal, vou ver se consigo pra ler. Gostei bastante da resenha. bjs

    ResponderExcluir
  7. Aione Simões Sérgio1 de abril de 2013 12:59

    Oi Gustavo!
    Que bom que você gostou do livro! Essa parte do mistério é bem legal mesmo e ela é sempre resolvida em cada um dos livros da série, o que faz ter a continuação é a vida pessoal da Heather :)
    Particularmente, eu prefiro muito mais A Rainha da Fofoca do que esse, mas entendo você preferi-lo!

    Beijão!

    ResponderExcluir
  8. Gustavo Silveira1 de abril de 2013 19:43

    com certeza a meg sempre surpreende a gente, e eu adoro isso nos livros dela :)

    ResponderExcluir
  9. Gustavo Silveira1 de abril de 2013 19:43

    pois é, leia, é muito legal, pena que a capa estraga o livro kkk

    ResponderExcluir
  10. Gustavo Silveira1 de abril de 2013 19:44

    Oiee, eu quero muito ler os outros livros, adorei esse e com certeza vou amar os outros, abraçoss

    ResponderExcluir

Obrigado pela visita! Não deixe de Comentar :)

 renata massa