Resenha Especial - Cinquenta Tons de Cinza




Quando Anastasia Steele entrevista o jovem empresário Christian Grey, descobre nele um homem atraente, brilhante e profundamente dominador. Ingênua e inocente, Ana se surpreende ao perceber que, a despeito da enigmática reserva de Grey, está desesperadamente atraída por ele. Incapaz de resistir à beleza discreta, à timidez e ao espírito independente de Ana, Grey admite que também a deseja - mas em seus próprios termos. 

Chocada e ao mesmo tempo seduzida pelas estranhas preferências de Grey, Ana hesita. Por trás da fachada de sucesso - os negócios multinacionais, a vasta fortuna, a amada família -, Grey é um homem atormentado por demônios do passado e consumido pela necessidade de controle. Quando eles embarcam num apaixonado e sensual caso de amor, Ana não só descobre mais sobre seus próprios desejos, como também sobre os segredos obscuros que Grey tenta manter escondidos... 




Resenha

Como todos sabem qual é o principal da historia... Vamos direto ao ponto...
Eu gostei bastante de 50 tons de cinza porque ele é um romance de uma forma delicada e linda, porem com um lado escuro e arrebatador.

nesta resenha quero passar para as pessoas que o livro alem de erótico é um ROMANCE. o Amor as vezes é irracional, temos que conviver com isso, nada é perfeito, muito menos nossos *hormônios*...

De uma coisa eu sei: nunca li nenhum livro que me causasse tantas emoções assim. (e não venha me disser que é por causa do sexo) porque qualquer romance arrebatador gira principalmente em torno do sexo (como você acha que você nasceu einh? Não existem cegonhas kk).

Então existe o outro lado da historia, o romance e o amor. Um homem lindo, poderoso e super Maniaco por controle se apaixona pela linda e irresistível Anastásia (foi combustão de fogo e gasolina no primeiro olhar). eles não possuem promessa de castidade e são livres para fazerem o que bem entenderem (e mesmo que tivesses votos de castidade, ele seria desfeito na hora kk) enfim, voltando a resenha: o que quero dizer que o livro não tem somente aquele lado erótico que as pessoas vivem julgando, ele tem o lado bonito, Ana se apaixona perdidamente por Grey, porem ele so quer que ela seja mais uma de suas submissas, porem assim como qualquer coração carnal, o coração de Grey não resistiu, e quando ele viu, estava afundando cada vez no paraíso de uma verdadeira paixão, uma paixão avassaladora destruidora e linda...

O fato é: O nosso coração é mais forte do que nossas mentes, fomos feitos para nos apaixonarmos e assim encontramos a tampa da nossa panela, porem as vezes o nosso coração fala muito mais forte do que a razão e ai não ha mais nada o que fazer a respeito.

O próprio amor é avassalador e puro, neste livro eu apreendi que o amor pode acabar com as piores coisas, ate com a escuridão de um homem triste e abandonado, pois isso que Grey é. ele não é um homem que quer sair comendo as mulheres e espancando elas, ele esta o procura do amor, o amor que ele nunca encontrou, assim como sempre passaremos nossas vidas procurando por ele, o problema é que as vezes algumas pessoas não o encontram e ficam julgando o jeito de amar das outras pessoas. (pois é isso que a maioria das pessoas fazem, jugam o livro mesmo sem ler os livros primeiro.) afinal de contas, quem nunca perdeu a cabeça por causa do amor??? se você ainda não perdeu, é porque nunca amou!!!

Sei que estou prologando demais a resenha, mas se você ainda não leu este livro, ou mesmo que já leu, leia de novo, porem com os sentimentos voltados para o romance (amor, paixão), porque o livro alem de ser erótico, é uma linda historia de superação e amor verdadeiro.

Pessoal, eu tambem postei a resenha no skoob, então vão la e deem joinha na resenha, ficarei muito feliz.. abraçoss pessoal, e não deixem de comentar... http://www.skoob.com.br/estante/resenha/21143968


10 comentários:

  1. Olha... eu quero muito ver onde você viu o romance lindo, eu li ele e odiei achei super mal escrito e sem conteúdo ( minha opinião ) beijos ;D

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/ ( comenta lá :D )

    ResponderExcluir
  2. Oi Gustavo, eu penso o mesmo que você sobre 50 tons, eu adorei o romance intenso e avassalador, e deletei da minha mente os errinhos e essa coisa toda de erotismo que não aconteceu muito, a série é sobre um casal improvável que fazem de tudo para darem certo.

    Michelle Boyd

    The Little Things

    ResponderExcluir
  3. Oi! Espero que nao se importe, te indiquei pra uma TAG lá no blog. Dá uma olhada quando tiver tempo: http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/2013/05/tag-1-laco-de-incentivo-leitura.html

    ResponderExcluir
  4. A resenha me pareceu muito convincente, muita gente não gosta da trilogia, mas pela resenha vou gostar. Não li nenhum livro hot, e como esse é o mais conhecido adoraria ler.

    ResponderExcluir
  5. Gustavo Silveira5 de maio de 2013 17:02

    Oi @Kelry Caroline , quando vc ler, me diz o que achou, bjooo

    ResponderExcluir
  6. Gustavo Silveira5 de maio de 2013 17:02

    Obrigado. quando puder passo la, abraço

    ResponderExcluir
  7. Gustavo Silveira5 de maio de 2013 17:02

    Adorei michelle, bjosss

    ResponderExcluir
  8. Gustavo Silveira5 de maio de 2013 17:03

    Sem conteúdo ? serio? faz parte, cada um tem sua opinião, msm assim obrigado por compartilhar a sua , bjosss

    ResponderExcluir
  9. Olá!!!

    Gu, também amei a trilogia e acho que realmente faltou aos leitores olharem com outros olhos o livro. Acho que a opinião de grandes escritores que não aprovaram o livro influenciou a população. Temos que aceitar as diferenças e opiniões.

    Parabéns pela resenha!!!

    ResponderExcluir
  10. Olha vou ser sincera nunca quis nem sequer ler esse livro, primeiro porque não é meu gênero literário favorito, segundo porque as resenhas que li não me convenceram , acho muito romance de banca e me perdoem que ama o gênero, mas não leio esse tipo de literatura , não por esnobismo ou coisa assim , mas porque não faz meu tipo .

    ResponderExcluir

Obrigado pela visita! Não deixe de Comentar :)

 renata massa