[Resenha] Em Quanto Tempo Se Fez o Tempo? - Rafael Melo


Resenha

A História do livro é dividida em etapas de personagens e épocas diferentes, existem vários personagens e cada um está em uma data diferente, porém todos vivem na cidade de São Paulo. E até o encontro de todos eles, o autor narra acontecimentos específicos acontecendo em cada época.

Primeiramente, o livro fala um pouco de cada jovem, a época em que cada um deles vivem, todos vivem na cidade se São Paulo, porém em séculos diferentes um do outro, e um fenômeno causado em um dos séculos causam a união destes jovens e depois que eles se encontram, a vida deles mudam para sempre, pois eles serão os responsáveis por salvar o mundo.

(Ano de 2001) Daniel (Deco) é um rapaz de 20 anos que acabou de terminar seu ano letivo na faculdade, e sem nada para fazer durante as férias, naquela cidade de São Paulo, que cada vez estava mais quente, Daniel decide passar o tempo livre navegando pela internet, pois naquele calor, seria impossível sair ao sol.

(Ano de 1555) Matheus, um jovem de vinte anos, que é de origem portuguesa mora aqui no brasil, no povoado que futuramente, se tornaria a cidade de São Paulo, Matheus tem um amor imenso pela colonia brasileira, até mais do que com Portugal, sua terra natal. O rapaz adora as terras brasileiras e vê nessas terras uma beleza que Portugal não possui.

(Ano de 2574) Hera vive no ano de 2574, na cidade de São Paulo, nesta época (Futuro), as cidades eram bem diferentes e muito evoluídas, por exemplo: A cidade era dividida em cidade aérea, que era a parte rica da cidade e onde Herea morava, e a cidade térrea, consequentemente, a mais desfavorecida.
Durante a historia de Hera, alguns fatos são muito interessantes, como por exemplo: A população se conscientizou pelos problemas ambientais e não existia mar, devido as consequências do homem durante os anos, os oceanos foram desaparecendo, até não restarem uma unica gota para a história, e o sonho de Hera era trazer o mar de volta. Sonho que ela nunca poderia realizar.

(Ano de 1823) Julia vive no ano de 1823, um ano depois da independência do Brasil. Julia é oriunda de uma família de portugueses com índios. Uma mestiça colonial.

(Ano de 3001) Peck-Djey vive no ano de  3001, em uma época muito tecnológica e muito quente, no ano de 3001, a temperatura ultrapassa os 70 graus.

Em um certo dia, uma ventania e uma mudança brusca acontece ao mesmo tempo nas cinco eras diferentes, assustando de uma só vez os cinco jovens, que são atingidos pelo calor e pela ventania de uma forma bruscamente estranha, e uma luz muito forte aparece no quarto de Deco, e de uma hora para outra, os cinco jovens aparecem de repente reunidos no quarto de Deco. (Ano de 2001).

Depois de muita confusão e espanto entre os jovens, eles descobrem que não foram parar ali de repente sem nenhuma razão, uma pessoa que vive no ano de 3001 descobriu uma máquina do tempo, capaz de viajar durante os séculos. E depois de usar a máquina, acontece um fato que reúne os cinco jovens no ano de 2001. Porém o que eles não sabem é quem está usando a máquina e nem para qual finalidade.

Eles conseguem usar o computador de Deco para viajarem durante o tempo e tentarem descobrir como resolver este problema e principalmente deter o intruso que usou a máquina, que nas mãos erradas, podem causar catástrofes enormes. Peck-Djey juntamente com o seu professor, estava desenvolvendo uma máquina do tempo no ano de 3001, porém quando o professor descobre que a máquina foi usada, ele possui uma grande desconfiança sobre quem poderia ter usado a máquina do tempo inadequadamente, um homem chamado Willink, que também sabia sobre a máquina do tempo, mas que tinha planos maquiavélicos para usar a máquina do tempo, precisa ser detido, antes que suas ações durante o tempo desequilibrem o espaço.

Depois de uma longa investigação, os jovens descobrem que o objetivo de Willink era usar a máquina do tempo para voltar para o passado e mudar fatos históricos, o que era uma coisa muito perigosa e que poderia desequilibrar o espaço de tempo entre os séculos, causando danos irreparáveis.

Então os jovens se reúnem para partirem atrás de Willink e impedir que ele mude bruscamente o passado, e consequentemente o futuro. O livro Em Quanto Tempo Se Fez o Tempo é uma grande aventura para os fãs de Distopia e Ficção, eu particularmente amo Distopias e gostei bastante deste livro, ele me chamou muito a atenção e me surpreendeu bastante. Durante toda a história da perseguição de Wilink, existe muita aventura, ação e muito suspense, os jovens precisam desvendar enigmas e segredos para poderem impedir o homem de destruir o espaço.

Será que os jovens vão conseguir impedir Willink? será que eles vão impedir a destruição e o desequilíbrio do tempo? Um livro cheio de aventuras e ação, que te prenderá por mais de 600 páginas.

__________________________________________________________________________

Top Comentarista - Novembro


Comente nesta postagem, preencha o formulário e concorra ao livro Olho por Olho.


15 comentários:

  1. Oie Gustavo
    Eu não conhecia esse livro, mas fiquei muito interessada nele.
    Parabéns pela resenha. Fico muito boa e gostei muito da proposta do livro.
    Beijos


    Jéssica
    www.leitorasempre.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Gustavo!

    Não tenho o costume de ler tramas sobre viagens no tempo e tals, mas já assisti alguns filmes nessa temática.

    Não conhecia esse livro, parece interessante.

    Abç!

    http://meuhobbyliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Gustavo!

    Não conhecia o livro e apesar da trama não ser uma das minhas preferidas, a história parece bem interessante. Gostei da resenha.

    Abraço

    http://poesiasprosasealgomais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá Gustavo!

    Não conhecia o livro e nem o autor, mas confesso que a história não me atraiu.

    Não sei se daria uma chance.

    Beijinhos

    As Leituras da Mila

    ResponderExcluir
  5. Oi Gustavo...

    Adorei a premissa desse livro... super mega interessante... tantas diferenças de anos... fico imaginando o nosso mundo sem o mar... e confesso que a população não começar a cuidar do nosso meio ambiente será isso mesmo que vai acontecer. Enfim... Adorei a sua resenha... Xero!!!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá Gustavo, meu senhor que resenha foi essa. hahahahahahaha

    Olha você soube explicar direitinho como se passa a historia, mas imaginei o livro. Nossa a pessoa teria que ter uma cabeça muito boa ou então marcar no papel os acontecimentos.

    Este é o primeiro livro Ficção, que vejo que trás uma historia diferente, e uma forma diferenciada.

    Bom eu gosto de ficção, mas este livro não me despertou aquele interesse, sabe aquele que lhe faz desejar o livro. Não digo que não vá ler, pois não sei o amanhã. Mas no momento eu passo a leitura.

    Gustavo adorei sua resenha. Gostei bastante da forma em que você explicou a historia.

    Beijokas Ana Zuky

    Blog Sangue com Amor

    ResponderExcluir
  7. Oi, tudo bom?
    Passando para deixar um comentário rsrs
    Não conhecia o livro , mas adorei a resenha .
    Ele parece ser bem interessante ! Amei :)
    Beijos*-*
    Território das garotas
    http://territoriodascompradorasdelivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Interessante! Apesar de Viagem no tempo ser um tema bem recorrente, adorei a ideia e o fato de se passar no Brasil, mais especificamente São Paulo que é onde eu moro.

    Outro ponto legal é ver qual é a ideia de futuro que o autor tem. Normalmente nos filmes a ideia é a mesma, a cidade aérea ala Jacksons. Eu realmente ainda não tenho uma ideia definida de como será o futuro e por que caminhos a tecnologia vai trilhar.

    A dica já está mais que anotada! ;)

    Beijos,

    Bell

    http://contosdoguerreiro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi Gustavo,

    Não conhecia o livro, mas gosto da ideia de viajar no tempo, viver coisas que não seriam possíveis.

    Gostei muito da sua resenha.

    Beijos,

    Priscila Yume
    http://yumeeoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oie Gustavo
    Eu não conhecia esse livro, mas fiquei muito interessada nele.
    Parabéns pela resenha. Fico muito boa e gostei muito da proposta do livro.
    Beijos


    Jéssica
    www.leitorasempre.com

    ResponderExcluir
  11. Oi Gustavo,

    O que falar da resenha desse livro, eu fiquei abismada como uma pessoa consegue pensar nisso tudo, eu mesma já pensei nisso mas minha cabeça não deixa construir um historia, mas esse livro precisa está na minha estante mesmo ele tendo 600 páginas certo? Amo livro com muitas páginas, eles me deixam mais aliviada pois sei que vou ter eles por um bom tempinho.

    Mayla

    http://meulivromeutudo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Viagem no tempo é algo que me interessa bastante, mas tenho um certo receio pois é fácil se perder na construção da história, mas me interessei por esse livro sim, e vou adicionar na minha wishlist.
    Beijos e boas leituras!

    ResponderExcluir
  13. Olá Gustavo, meu senhor que resenha foi essa. hahahahahahaha
    Olha você soube explicar direitinho como se passa a historia, mas imaginei o livro. Nossa a pessoa teria que ter uma cabeça muito boa ou então marcar no papel os acontecimentos.
    Este é o primeiro livro Ficção, que vejo que trás uma historia diferente, e uma forma diferenciada.
    Bom eu gosto de ficção, mas este livro não me despertou aquele interesse, sabe aquele que lhe faz desejar o livro. Não digo que não vá ler, pois não sei o amanhã. Mas no momento eu passo a leitura.
    Gustavo adorei sua resenha. Gostei bastante da forma em que você explicou a historia.

    Beijokas Ana Zuky

    ResponderExcluir
  14. Não sei, mas me pareceu ser meio confuso...
    E a capa é bem feia! =S

    ResponderExcluir
  15. Jéssica Rodrigues1 de dezembro de 2013 18:52

    Olá Gustavo
    Não conhecia o livro, mas gostei muito da premissa do livro. Gosto de histórias em que tem passagens de tempo, onde posso conhecer várias épocas.
    Fiquei intrigada para ler nessa parte do ano 3001, já que é bem no futuro e bem mais moderno.
    Parabéns pela resenha.


    Jéssica
    www.leitorasempre.com

    ResponderExcluir

Obrigado pela visita! Não deixe de Comentar :)

 renata massa